Inscrição para Fies termina na próxima quarta-feira (28)

RIO- O Ministério da Educação (MEC) estendeu o prazo de inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até o dia 2 de março.

Em nota, Vicente Almeida, diretor de políticas e programas de educação superior do MEC, explicou que "a decisão foi tomada para não prejudicar os candidatos e instituições, uma vez que cerca de 400.000 inscrições ainda se encontram na fase de preenchimento no Sistema de Seleção do Fies". O sistema buscará o boletim de desempenho do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pedirá que sejam registrados uma senha de acesso e um e-mail. O candidato precisará preencher os dados pessoais e informar a renda de cada membro de sua família (que more no mesmo domicílio).

No ato da inscrição, o estudante deve indicar até três opções de cursos, em ordem de prioridade e pode alterar essas opções quantas vezes achar necessário até o fim do prazo de inscrições.

Em janeiro, o CMN tinha definido os juros da modalidade 1, destinada a universitários com renda familiar per capita de até três salários mínimos por mês. No entanto, aqueles com rendimentos mensais de três até cinco salários somente poderão se inscrever na modalidade chamada de P-FIES. O mesmo critério será utilizado para o estudante que perder o emprego e para quem desistir do curso financiado pelo Fies. Nesse tipo de financiamento, o pagamento será feito com juros zero.


As condições do financiamento devem ser estipuladas entre o aluno, a instituição e o banco que concederá o empréstimo.

O que é conceito de curso no Fies? Do total de oportunidades para 2018, 100 mil delas são a juros zero, de acordo com a faixa em que o estudante se enquadrar. É possível mudar a opção de graduação até o dia 28 de fevereiro. Para o P-Fies (financiado por bancos), a lista de aprovados sairá em 12 de março.

Os estudantes matriculados na Universidade de Taubaté (Unitau) interessados em aderir ao Financiamento Estudantil (FIES) devem ficar atentos.


Popular

CONNECT