Pesquisa mostra empate técnico entre Bolsonaro, Alckmin e Lula em São Paulo

Segundo levantamento realizado pelo Paraná Pesquisas, o deputado federal Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto no Estado de São Paulo, num cenário sem o nome do ex-presidente Lula. De acordo com o que foi divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Instituto Paraná Pesquisas, o parlamentar - que atualmente está no PSC - passou a liderar, pela primeira vez, em São Paulo.

Com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa, Bolsonaro lidera com 22,3%, enquanto Alckmin (20,1%) e Lula (19,7%) aparecem empatados tecnicamente com pequena vantagem para o governador de São Paulo. À frente, Bolsonaro, com 22,3% e Geraldo Alckmin com 20,1%. Pouco muda para os demais candidatos, já que Bolsonaro (23,5%) e Alckmin (23,2%) continuam na liderança.

Candidato de cunho mais conservador e sem grande partido político, Jair Bolsonaro, por sua vez, solidifica a cada pesquisa que tem militância e projeção popular. Ciro Gomes, no momento no PDT, tem de 5,3% a 7,2%. Entre mulheres (83,5%), entrevistados de 35 a 44 anos (84,7%) e com ensino médio (85%) aparecem as maiores taxas de desaprovação.


A terceira configuração, com Lula, mostra o petista na terceira posição, com 19,7%. Outro dado do levantamento mostrou que os eleitores de Lula tenderiam a não votar em nenhum candidato nos cenários 1 e 2.

O instituto foi às ruas e analisou cenários com e sem a presença de Lula (PT), além de supor em um dos quadros de que, na ausência do ex-presidente, haveria a candidatura do ex-prefeito Fernando Haddad (PT). Henrique Meirelles (PSD) e João Amoêdo (NOVO) pontuam, respectivamente, com 1,0% e 0,7%. Caso Haddad não participe, a maior transferência de votos vai para Marina Silva, com 22,4% das intenções de voto. Wagner herda apenas 5,9%.


Popular

CONNECT