Facebook desiste de oferecer um feed separado só para páginas e notícias

Segundo o Público, o diretor do feed de notícias do Facebook, Adam Mosseri, justifica que a decisão assentou num "feedback constante" dos utilizadores que pediam para ver mais conteúdos da família e amigos.

O Facebook está alterando o algoritmo do feed de notícias, fazendo com que os usuários vejam mais posts de seus amigos em vez de páginas de empresas ou de notícias.

A alteração do feed de notícias para os usuários foi anunciada pelo próprio CEO Mark Zuckerberg em janeiro.

"Os testes nos forneceram informações valiosas que usaremos para melhorar o feed de notícias para todos", qual será a próxima do Facebook?

Durante o período de testes, foram duas versões do feed de exploração. Os testes tiveram início no mês de outubro do ano passado.

Porém, de acordo com a empresa, os usuários que testaram o novo recursos não ficaram satisfeito com o resultado. "Nas pesquisas, as pessoas nos disseram que estavam menos satisfeitas, a versão não as ajudava a se conectar mais com amigos e familiares", apontou a plataforma.

O resultado do teste teve também seus pontos positivos.

A mudança, se não tivesse sido rejeitada pelos usuários, poderia ser parte de um movimento mais amplo do Facebook, que diante das críticas sobre sua contribuição para disseminar conteúdo enganoso, que tem um impacto danoso sobre a democracia, resolveu diminuir o volume de notícias que exibe no feed em cerca de 20% para privilegiar conteúdo que gere "interações significativas". Lançou em junho de 2013 o Portal Somos Notícia, em Amarante. Em 2008 iniciou atividades jornalísticas no mesmo sistema, representando o município de Amarante-PI durante 5 anos e 10 meses.


Popular

CONNECT