Tentativa de assalto a banco mata duas pessoas no RJ

Desde as 17h, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) negociava com os criminosos que fizeram reféns dentro da agência da Rua Maria de Freitas. O outro ferido foi medicado e liberado. Diante da situação com reféns, o Bope foi acionado. Duas pessoas - um suspeito e um cliente do banco - morreram durante um tiroteio no início da abordagem dos bandidos. Às 19 horas locais, 22 horas em Lisboa, os quatro criminosos foram detidos, depois de terem estado entricheirados dentro da agência e mantido mais de 20 clientes e funcionários reféns. Um deles foi identificado como Fábio Elias Martins. Também há pelo menos uma pessoa ferida, em estado grave, que tinha sido libertada pelos assaltantes e levada para o Hospital Carlos Chagas, no bairro de Marechal Hermes.

- A gente estava trabalhando e começou o estampido de tiro, e aí começou todo mundo a correr. Foi feito um cerco ao local, inclusive aéreo, por parte do GAM (Grupamento Aeromóvel).

Nas redes sociais, moradores e pessoas que passavam pela Rua Maria Freitas, onde fica a agência, relataram ter ouvido tiros no local. Um vídeo mostra o momento em que policiais do Bope e familiares dos suspeitos negociam o fim do assalto.


O comércio na região também precisou fechar as portas e a área foi isolada pela Polícia. O tráfego é lento na região.

Em nota, o Santander lamentou o ataque e disse dar assistência a clientes e funcionários. "Lamentamos profundamente a violência ocorrida hoje em nossa agência em Madureira, no Rio de Janeiro". As informações são da Polícia Militar.

O banco informa que a agência de Madureira permanecerá fechada nesta segunda-feira (5/3) em sinal de luto às famílias "que tiveram perdas inestimáveis". Ministro Edgard Romero 373, ambas em Madureira, e na Av. dos Italianos 413, loja A e B, em Rocha Miranda.


Popular

CONNECT