'É preciso' que PMDB tenha candidato próprio à Presidência, diz Jucá

A declaração foi dada após Jucá se reunir com o presidente da República, Michel Temer, no Palácio do Jaburu.

"Acho que ele tem todas as condições de aglutinar os partidos de centro para disputar o Palácio do Planalto", afirmou Baleia, que é presidente do MDB de São Paulo. Já que o resultado da economia está aí, seria um bom caminho pra fazer tudo isso.

Questionado sobre essa definição, Jucá, que também é líder do governo no Senado, disse à reportagem que isso ainda deve ser conversado com o ministro.

De acordo com o senador, a legenda precisa apresentar um nome em "defesa do legado" e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), foi citado como potencial.


- Há sim, da minha parte e da parte da direção do partido, uma posição clara de que é preciso ter um candidato à Presidência da República do MDB, portanto, nós vamos trabalhar nessa direção - destacou Jucá.

Apesar das investidas do ministro, que tem no seu portfólio a saída da mais longa recessão do país, seu partido não tem dado muita importância para uma eventual candidatura. Segundo o Blog da Andreia Sadi, o ministro da Fazenda ensaia migrar ao MDB para tentar construir uma candidatura.

As conversas avançam e podem ter evoluído na sexta-feira no encontro do presidente Michel Temer com o tucano Fernando Henrique Cardoso, já que uma costura assim só tende a evoluir com o aval de FHC e o patrocínio de Temer.

O parlamentar, que é líder do governo no Senado, afirmou ainda que discutiu com o presidente a programação da semana no Congresso.


Popular

CONNECT