Golpistas clonam celular da vice-governadora Cida Borghetti

Ainda de acordo com a assessoria de imprensa de Borghetti, a primeira mensagem para a lista de contatos dela perguntava sobre o uso do aplicativo de um banco. A assessoria de imprensa da vice-governadora também informou que a polícia já está investigando e caso, mas ainda não sabe quem foi o autor do golpe. Seu celular foi clonado e os bandidos agiram da mesma maneira que no caso anterior, perguntando sobre a conta bancária. Todas as medidas legais foram tomadas. "Um boletim de ocorrência (BO) foi aberto ontem, a operadora do celular e o banco foram alertados e o caso está sendo investigado pela Secretaria da Segurança Pública".

Confira, na íntegra, a nota da vice-governadora enviada à imprensa.

A vice-governadora Cida Borghetti (PP) teve seu celular pessoal clonado e utilizado por golpistas que estariam pedindo dinheiro em seu nome. Assim que soube, Cida soltou um comunicado nas redes sociais alertando sobre a clonagem e o golpe, mas já era tarde para alguns amigos, que já tinham feito depósitos.

Nas redes sociais, Cida se manifestou sobre o caso ainda durante a noite de quarta-feira (7) na tentativa de evitar que outros contatos fossem vítimas do golpe do depósito.

O deputado estadual do Paraná, Luiz Claudio Romanelli, também teve o celular clonado nesta quinta-feira (8). "Atenção meu Whatsapp foi clonado. Agradeço desde já o apoio e ajuda".


Popular

CONNECT