Comissária de Comércio da UE quer bloco excluído de tarifaço dos EUA

Dias antes, ele havia dito que não isentaria nenhum país da cobrança.

"A Europa certamente não é uma ameaça para a segurança interna americana, portanto esperamos ser excluídos [das tarifas de 25% no aço e 10% no alumínio] (...)".

"Nós deixamos muito claro que (a decisão dos EUA) não está em conformidade com a OMC, então iremos à OMC, possivelmente com alguns outros amigos".

Compreendo perfeitamente a opinião do presidente de que temos que nos preocupar com nossos próprios países, acrescentou.

As associações da indústria europeia pediram à Malmstrom que respondesse se a UE estaria sujeita às tarifas, dizendo que as sobretaxas afetariam fortemente os setores de aço e alumínio.

É a resposta da Comissão Europeia ao braço-de-ferro comercial iniciado por Donald Trump: Bruxelas vai propor uma taxa de 25% sobre as importações norte-americanas, de acordo com uma lista em rascunho vista pela Bloomberg. O representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, deverá se juntar aos dois para conversas mais amplas ainda neste sábado.


Popular

CONNECT