UE e EUA não chegam a acordo sobre isenção de tarifas

A chefe comercial da União Europeia disse que as negociações com os Estados Unidos em busca de uma exceção para o bloco às novas tarifas impostas pelos EUA continuarão na próxima semana, depois que uma reunião realizada neste sábado não trouxe clareza sobre os procedimentos para uma exceção. O Presidente dos EUA argumentou que o aço e o alumínio são "vitais" para a "segurança nacional".

Tornam quase impossível para nós fazer negócios com eles e, contudo, enviam seus carros e tudo o mais para os Estados Unidos, disse o presidente americano em coletiva de imprensa na Casa Branca.

O Japão afirmou que as medidas terão um "grave impacto" na economia global.


Malmstrom já tinha uma reunião previamente agendada com o representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, em Bruxelas, no sábado, e disse que buscaria mais clareza sobre se a UE seria incluída nas tarifas.

Comissária europeia se reúne com responsável americano, mas afirma que não obteve clareza sobre procedimento de isenção.

"Há poucas expectativas de qualquer solução hoje, mas talvez possamos ter uma ideia de como podemos chegar a uma", acrescentou a fonte.


Popular

CONNECT