Acidente aéreo faz mortos e feridos no aeroporto de Katmandu

Outras 23 pessoas ficaram feridas e foram socorridas.

Após um ano marcado como o mais seguro já registrado na história das viagens aéreas comerciais, com nenhum acidente fatal sendo registrado no mundo todo, aconteceu na manhã desta segunda (12) a segunda queda de uma aeronave com passageiros de 2018 - a primeira foi no Irã, quando 66 morreram.

Mais cedo, autoridades do aeroporto informaram que 17 pessoas foram resgatadas com vida da aeronave, que tinha saído de Dacca (capital de Bangladesh), de acordo com a porta-voz do aeroporto, ouvida pela agência Reuters. Entre os passageiros estão 33 pessoas do Nepal, 32 passageiros de Bangladesh, 1 da China e 1 das Maldivas. Uma pessoa, que pediu para Associated Press para não ser identificada, afirmou que a aeronave teria pegado fogo pouco antes de tocar o solo.


As imagens divulgadas mostravam pedaços do avião incendiado que os socorristas tiveram de cortar, procurando vítimas. A CNN diz, citando a administração do aeroporto, que a aeronave chegou até a pista onde ia aterrissar na direção errada.

Os veículos dos serviços de emergência pareciam mergulhar na fumaça, enquanto testemunhas do acidente filmavam a cena com seus telefones celulares. "De repente, o avião se chocou violentamente e houve um estrondo alto", disse um dos sobreviventes, Basanta Bohora, ao jornal Kathmandu Post. "Detalhes são aguardados", o porta-voz do aeroporto informou ainda que o local havia sido fechado e todos os outros voos, redirecionados.

O Nepal sofreu vários desastres aéreos nos últimos anos, o que afetou severamente a indústria do turismo.


Popular

CONNECT