Detalhes separam Diego Aguirre de acerto com o São Paulo

Aguirre, que jogou no São Paulo em 1990, assume no lugar de Dorival Júnior, demitido na sexta-feira, após oito meses de trabalho.

Alguns nomes começaram a surgir no Morumbi, como o ex-jogador Leonardo, que estava no futebol turco e desde dezembro está desempregado; o uruguaio Diego Aguirre, que passou por Inter, Atlético-MG e San Lorenzo, e Cuca, campeão brasileiro pelo Palmeiras em 2016, com contrato para comentar a Copa na Rede Globo. Ao longo das últimas reuniões que foram dando novos votos de confiança a Dorival, representantes do Tricolor buscaram informações sobre o uruguaio.

Como Aguirre estava sem clube, a sua contratação foi facilitada e era o primeiro nome da lista dos dirigentes do São Paulo para assumir o cargo. Aprovaram o que ouviram e, com a definição da troca de comando, já adiantaram conversas com o representante de Aguirre. Com pouco tempo para adotar seu estilo de jogo em sua nova equipe, o treinador uruguaio contará com o auxílio de André Jardine para montar o time que entrará em campo na próxima quarta-feira, contra o CRB, em Maceió, pelo jogo de volta da terceira rodada da Copa do Brasil - na partida de ida o Tricolor venceu por 2 a 0.

Na visão dos integrantes do departamento de futebol tricolor, o São Paulo vive um momento instável emocionalmente e a chegada de um técnico com uma personalidade muito forte poderia deixar a situação ainda mais conturbada no Morumbi.

- Já temos um nome. Foi unanimidade entre quem participou da decisão. Não darei prazo para definir a negociação, mas está adiantado e deve fechar nos próximos dias - disse Raí, evitando comentar sobre o colombiano Juan Carlos Osorio e o argentino Edgardo Bauza, que deixaram o Tricolor recentemente para comandar seleções. Há detalhes a serem negociados, então prefiro não falar nem se é estrangeiro. "Queremos padrão de jogo, com regularidade, segurança defensiva, mas propondo o jogo com muitas alternativas de ataque", pontuou.

Atualmente sem clube, Diego Aguirre tem 52 anos e iniciou a carreira de treinador em 2001 no Plaza Colonia-URU e depois passou por Aucas-EQU, Peñarol-URU, Montevideo Wanderers-URU, Alianza Lima-PER, Al Rayyan-QAT e San Lorenzo-ARG.


Popular

CONNECT