Barroso diz que havia risco de destruição de provas

O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso, afirmou que as prisões e as buscas e apreensões da Operação Skala, realizadas ontem pela Polícia Federal, foram necessárias porque "havia risco concreto de destruição de provas".

Para ele, isso permite "supor sejam o excelentíssimo senhor presidente da República, Michel Temer, Marcelo Azeredo, presidente da Codesp [companhia Docas de São Paulo] entre 19995 e 1998, indicado por ele, e o amigo pessoal do senhor presidente João Batista Lima Filho".

Essa é uma das principais justificativas para a Operação Skala, realizada nesta quinta-feira apontadas pelo ministro relator do inquérito que investiga o "Decreto dos Portos", assinado por Michel Temer em 2017. As coercitivas, no entanto, estão proibidas desde dezembro por uma liminar do ministro Gilmar Mendes do STF.

O ministro determinou as prisões temporárias de 13 pessoas, entre elas Lima e o advogado José Yunes, ambos amigos de Temer. Também foram presos empresários dos grupos Rodrimar e Libra, do setor portuário, além de sócios da Argeplan, uma das empresas de propriedade de Lima. A defesa do Coronel Lima não foi localizada pela reportagem. "Especificamente quanto às prisões temporárias requeridas, destaco que esta medida processual, excepcional e invasiva, tem como requisitos (Lei nº 7.960/89): (i) ser imprescindível ao sucesso das investigações e (ii) a constatação de indícios de autoria ou participação dos crimes previstos na lei". Ele alega restrições de saúde que o impediram de comparecer às autoridades.

Barroso proferiu sua decisão na terça-feira (27), atendendo a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) no âmbito do inquérito que investiga suposto pagamento de propina da empresa Rodrimar, que opera o porto de Santos (SP), a Temer e ao ex-assessor Rodrigo Rocha Loures.

O ministro Luís Roberto Barroso apontou a possibilidade de estar em andamento, desde há mais de 20 anos até hoje em dia, um esquema de concessão de benefícios públicos no setor dos portos em troca de recursos privados para fins pessoais e eleitorais.

Yunes e Lima Filho, que alegou não ter condições emocionais de prestar depoimento, são suspeitos de atuar como laranjas de Temer em suposto esquema de favorecimento de empresas do setor portuário.


Popular
  • Arizona proibe testes com carros autônomos do Uber

    Arizona proibe testes com carros autônomos do Uber

    Os veículos Volvo em teste usam só um lidar , 10 radares e sete câmeras, disse o Uber . O veículo trafegava no modo autônomo, com uma operadora humana atrás do volante.
    ONG garante que motim em prisão venezuelana provocou pelo menos 78 mortos

    ONG garante que motim em prisão venezuelana provocou pelo menos 78 mortos

    De acordo com denúncias de parentes dos detentos nos arredores da delegacia de polícia, eles morreram por asfixia e queimaduras. Segundo Nieto, essa situação "não é um caso isolado" e se repete em várias cadeias da Venezuela.
    Preso suspeito de estuprar criança na Estrutural

    Preso suspeito de estuprar criança na Estrutural

    Esse novo mandado de prisão refere-se a um outro caso, onde Bellini é acusado de prática sexual com uma criança de apenas 11 anos. Chegou a mencionar que aproveitava da situação e dormia na cama de uma das meninas, nas ocasiões que ficou na casa delas.
  • Mulher fica em estado de choque após ser assaltada em casa

    Mulher fica em estado de choque após ser assaltada em casa

    Elisangela Ramos dos Santos Medeiros foi encontrada morta pela própria mãe, nos fundos de sua casa, por volta das 20h. As duas pessoas que estavam dentro de casa tentaram impedir que o suspeito entrassem, se posicionando atrás da porta.
    Arnold Schwarzenegger passa por cirurgia cardíaca de emergência

    Arnold Schwarzenegger passa por cirurgia cardíaca de emergência

    A operação durou várias horas e o estado de saúde de Schwarzenegger é "estável", mesmo com algumas complicações. Nascido na Áustria, o ex-fisiculturista foi governador da Califórnia por dois períodos (2003-2011).

    Adam Sandler e Jennifer Aniston juntos em Murder Mistery, para o Netflix

    Sete anos depois de " Esposa de Mentirinha ", a dupla vai estrelar uma nova comédia da Netflix , chamada " Murder Mystery ". Em " Esposa de Mentirinha ", a parceria dela com Adam Sandler arrecadou US$ 318 milhões nos cinemas mundiais e EUA.
  • Corinthians e Palmeiras se reencontram em final após pancadaria de 1999

    Corinthians e Palmeiras se reencontram em final após pancadaria de 1999

    Na quarta, o Corinthians venceu no tempo normal por 1 a 0, e também nas penalidades, assegurando vaga nas finais do Estadual . O volante cruzou, a zaga não afastou e Militão bateu forte, exigindo outra boa intervenção de Cássio.
    Papa diz que Inferno não existe, só desaparecimento de pecadores

    Papa diz que Inferno não existe, só desaparecimento de pecadores

    Nenhuma aspa do artigo mencionado deve ser considerada, portanto, como uma transcrição fiel das palavras do Santo Padre ". A publicação correu pelo mundo e até mesmo o " The Times " repercutiu a notícia citando o jornal.
    Para promover O Mecanismo, Netflix abre Loja da Corrupção

    Para promover O Mecanismo, Netflix abre Loja da Corrupção

    Enquanto Enrique Diaz faz Roberto Ibrahim , um criminoso participante do esquema que a polícia busca desarticular. Villaça, afirmou que a série traz "manipulações narrativas desde o primeiro episódio para demonizar a esquerda".
  • Deus Salve o Rei: Virgílio recebe recompensa de Catarina após entregar Afonso

    Deus Salve o Rei: Virgílio recebe recompensa de Catarina após entregar Afonso

    Afonso não acredita nem um pouco no seu adversário, e tenta enganar Virgílio contando um plano falso para derrubar Rodolfo . Vinte e quatro horas de procedimentos de graça serão destinados aos mais pobres por ela, conta Catarina a Lupércio .

    Aposentados que perderam prova de vida devem ir à agência do INSS

    Segundo o INSS, o pagamento do benefício poderá ser interrompido até que o segurado faça a comprovação de vida no banco. Isso porque não procuraram uma agência bancária ou do próprio Instituto para fazer a comprovação de vida.
    Sérgio Moro espera que STF tome a melhor decisão sobre Lula

    Sérgio Moro espera que STF tome a melhor decisão sobre Lula

    Ao citar a qualidade dos ministros do Supremo, ele mencionou apenas dois: o decano, Celso de Mello, e Weber, a quem fez fartos elogios.

CONNECT