Amigos, familiares e público se juntam em funeral de Hawking

O público lotou as ruas de Cambridge neste sábado para o funeral do físico britânico Stephen Hawking, saudado por outro cientista como "uma mente aprisionada vagando pelo cosmos".

Ele morreu o último dia 14, aos 76 anos.

A cerimónia privada decorreu na igreja St. Mary the Great, na universidade de Cambrigde.

"A vida e o trabalho de nosso pai significaram muitas coisas para muitas pessoas, religiosas e não religiosas".

Segundo os filhos do cientista, Lucy, Robert e Timothy, a escolha de Cambridge ocorreu pois "foi a cidade que ele tanto amou e que o amava tanto".

Depois de fazer seu curso de graduação na Universidade de Oxford, ele se mudou para Cambridge para seu doutorado e ficou lá pelo resto de sua carreira.

"O nosso pai viveu e trabalhou em Cambridge durante mais de 50 anos".

Seu trabalho foi desde as origens do próprio universo, passando por viagens no tempo e sondando buracos negros no espaço.

Stephen Hawking será cremado e suas cinzas serão enterradas na Abadia de Westminster, junto a grandes nomes da história da ciência, como Isaac Newton e Charles Darwin.

Em 2014 sua vida virou o filme A Teoria de Tudo, levando um Oscar.Detalhe curioso: Stephen Hawking nasceu no dia em que completaram 300 anos da morte de Galileu e morreu no mesmo dia do nascimento de Albert Einstein.Ele mostrou sua enorme determinação por sobreviver durante anos com a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), doença degenerativa onde ele movia apenas um dedo e os olhos voluntariamente.

Ele estava confinado a uma cadeira de rodas, quase completamente paralisado e incapaz de falar, exceto através de seu sintetizador de voz.


Popular

CONNECT