Toyota apresenta o novo Corolla 2019

A Toyota anunciou nesta terça-feira (3) dois recalls de uma só vez para o Corolla. Há ainda um segundo recall envolvendo 65.963 unidades da versão atual do Toyota Corolla, mais especificamente na versão GLi 1.8 com câmbio CVT, devido a uma falha na programação do módulo da transmissão.

Os airbags afetados são da marca Takata, e a falha nos dispositivos dessa marca também já havia motivado recalls de veículos de outras marcas, como Chevrolet, Honda, Nissan, Chrysler, Mitsubishi, Fiat, Volkswagen, Audi, Subaru, Jeep, BMW e Lexus (essa última também pertence à Toyota).

Entre os meses de janeiro e fevereiro deste ano, as vendas do Corolla no Brasil somaram 8.335 unidades, total que representa cerca de 44% das vendas de todo o segmento.

Este é pelo menos o sétimo chamado do modelo devido ao mesmo problema desde 2013.

O serviço gratuito poderá ser agendado a partir do dia 16 de abril.

A marca japonesa irá substituir o airbag do passageiro de 53.635 unidades, produzidas em 2013.

Isso pode provocar lesões físicas graves e até fatais, tanto para o passageiro quanto aos demais ocupantes do veículo.

Defeito: no decorrer de uma investigação realizada pelo fornecedor, no Japão, na peça denominada deflagrador, que integra o sistema de air bag do passageiro do veículo, constatou-se a degradação do componente após longos períodos de exposição a altas temperaturas, grandes variações de temperatura e alta umidade.

De acordo com a fabricante, poderá ocorrer a redução da velocidade de condução limitada a 60 km/h, mas não há risco de danos materiais, nem pessoais, aos ocupantes do veículo ou a terceiros.


Popular

CONNECT