Uber anuncia aquisição de serviço de compartilhamento de bikes elétricas

A Jump é uma empresa que oferece serviços de bicicletas compartilhadas sem estações, um modelo que tem ganhado força em vários países do mundo como o Brasil.

A Uber anunciou na segunda-feira (09) que adquiriu a startup de compartilhamento de bicicletas elétricas JUMP Bikes.

Com sede em Nova York, a JUMP começou em 2010 como Social Bicycles, avançando nos últimos 8 anos da venda de bicicletas até a operação de suas próprias frotas.

Com sede em Nova Iorque, a Jump permite que as bicicletas não sejam estacionadas em locais específicos, podendo ser deixadas em postes de luz ou bancos, desde que estejam dentro de uma área de serviço da empresa, uma vez que as bicicletas vêm com fechaduras integradas para as proteger, de acordo com a TechCrunch. As bicicletas JUMP são desbloqueadas e bloqueadas usando um aplicativo de smartphone.

Em comunicado, o CEO da Uber, Dara Khosrowshahi, disse que o acordo avança no objetivo da Uber em oferecer a "maneira mais rápida e acessível de chegar onde você quer, seja em um Uber, em uma bicicleta, no metrô ou mais que isso". Cerca de 100 funcionários da empresa vão se juntar ao Uber, disse uma porta-voz do Uber. Na cidade californiana, a Jump Bikes já havia integrado o serviço com o aplicativo da Uber, dando aos usuários deste a alternativa entre pedir um carro ou ainda encontrar uma das bicicletas vermelhas da Jump.

Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters.


Popular

CONNECT