Aécio Neves passa mal e é levado a hospital

A direção do hospital informou em nota que o senador realizou exames e foi liberado no inicio da tarde.

O senador Aécio Neves (PSDB-MG), de 58 anos, foi levado ao hospital Santa Lúcia, na região central de Brasília, na manhã desta quinta-feira, dia 12 de abril. Segundo o G1, ele está acompanhado por familiares.

A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa do Supremo, mas ainda não consta no andamento processual da Corte.

No boletim médico divulgado às 15h e assinado pelo médico Sergio Murilo Domingues Junior, consta que Aécio esteve no local "para a realização de exames de rotina". Se o colegiado aceitar a denúncia, Aécio passará à condição de réu. Ao final da ação, ele poderá ser considerado culpado ou inocente.

A denúncia contra o senador, acusado de receber propina de R$ 2 milhões de Joesley Batista, proprietários da JBS, será analisada pelos ministros Marco Aurélio Mello (relator), Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Alexandre de Moraes e Rosa Weber.

O advogado do senador Aécio Neves, Alberto Zacharias Toron, afirmou em nota que ele foi vítima de uma situação forjada, que teve participação do ex-procurador Marcello Miller -suspeito de ter advogado em benefício da JBS enquanto ainda era membro do Ministério Público Federal.


Popular

CONNECT