Após matar assaltantes, PM baleado segue em estado grave em UTI

Um homem foi morto, na noite desta quinta-feira (12), ao tentar assaltar uma soldado da Polícia Militar na Avenida Pontes Vieira. O policial, que estava à paisana, reagiu mas foi atingido com um tiro no olho direito durante uma troca de tiros. De acordo com informações de testemunhas, o sargento teria sido baleado após reagir a um suposto assalto. O outro conseguiu fugir. A dupla só não contava com a presença do 3º sargento Paulo Robson Leite de Maia, 42, lotado na 22ª Companhia Interativa Comunitária, que estava a paisana.

O indivíduo chegou a ser socorrido pelos policiais ao Hospital Municipal de Simões Filho (HMSF), mas não resistiu aos ferimentos e teve o óbito constatado.

Já em Jundiaí, uma equipe de Força Tática (tenente Rizzardi, cabos Willian e Gimenes, e soldado Barreto) do 49º Batalhão apreendeu dois tijolos de maconha durante patrulhamento pela Vila Rui Barbosa. Após o ocorrido, os dois homens também foram levados ao Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz.

Em nota, a corporação informou o seguinte: "A Assessoria de Imprensa da Polícia Militar esclarece que apesar da foto ter ficado muito boa o procedimento não é pertinente e o policial já foi orientado".


Popular

CONNECT