Doria lidera disputa pelo governo de São Paulo, aponta Datafolha

O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB) lidera a corrida pelo governo do estado, segundo levantamento do Datafolha.

Doria é o primeiro colocado nos dois cenários pesquisados: ele aparece com 29% das intenções de voto, seguido por Paulo Skaf (PMDB), presidente da Fiesp (Federação das Indústrias de São Paulo), que tem 20%. Na terceira posição, aparecem o atual governador, Márcio França (PSB) e o ex-prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho (PT), com 8% e 7%, respectivamente.

No segundo cenário, Skaf, que ainda não confirmou sua pré-candidatura ao governo do estado, não é apresentado aos eleitores.

Nos dois cenários, Rogério Chequer (Novo), Lisete Arelaro (PSOL) e Alexandre Zeitune (Rede) estão na faixa de 1% a 3%. O ex-prefeito aparece com 36% das preferências, à frente de França (10%) e Marinho (9%).

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem?

A pesquisa foi realizada entre 11 e 13 de abril, com 1.954 entrevistados em 68 municípios de São Paulo. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. Outros 35% decidem votar em branco ou nulo, e o restante se divide entre os demais candidatos. Na capital paulista, a rejeição a Doria chega a 49% do eleitorado.

A nova pesquisa do instituto Datafolha foi contratada pelo jornal Folha de S.Paulo e registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP 04706/2018. Nas eleições de 2016, o chamado "não voto", que inclui a abstenção, superou o número total de votos do ex-prefeito.

O índice de intenção de voto de Doria também é menor na capital.

Doria tem maior preferência entre os homens e os eleitores com maior renda, segundo o Datafolha.

Mas o tucano também viu aumentar sua rejeição: no Estado, 33% dizem que não votariam nele de jeito nenhum.

O petista Marinho tem rejeição de 27%, enquanto França bate nos 20%.


Popular

CONNECT