Paulo Barboza morre aos 73 anos em São Paulo

O radialista Paulo Roberto Machado Barboza morreu, aos 73 anos, na madrugada desta segunda-feira na cidade de São Paulo. O velório do corpo de um dos maiores radialistas do Brasil em todos os tempos acontece até às 17h desta segunda, no Cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo.

Foi casado por 48 anos com Eliane Barboza, que morreu em 2015. O jornalista e publicitário, estava no comando de um programa na rádio desde janeiro do ano passado.

Paulo Barboza é um dos nomes mais conhecidos do Rádio de São Paulo. O comunicador acumulava quase 60 anos de carreira: começou muito jovem, em 1959, com apenas 14 anos, em Petrópolis.

Paulo deixa dois filhos, Paulo e Alexandra, e quatro netos, Paulo, Felipe, Rodrigo e Maria Gabriella. Também trabalhava às tardes na rádio ABC 1570 AM. Em 1983, na TV Gazeta de São Paulo lançou seu show de calouros, o "Programa Paulo Barboza". Ele também registrou passagens pela Rádio América de São Paulo, Record AM 1000, Rádio Globo AM 1100 e Rádio Capital AM 1040.

Ele também era convidado frequente de programas de TV - entre 2007 e 2013, foi jurado do Troféu Imprensa, no SBT.


Popular

CONNECT