Aftosa: vacinação começa nesta terça na maioria dos estados

´Mantenha o seu rebanho protegido e livre da aftosa.

A primeira etapa de vacinação contra febre aftosa de 2018 começa nesta terça-feira (1º) e segue até o dia 31 de maio.

"É importante frisar que nessa etapa todos os bovinos e bubalinos, independente de idade, devem ser vacinados". "Então é bom todos estarem conscientes do seu papel, fazer a vacinação corretamente, conservando a vacina na temperatura de 2 a 8 graus, aplicando, preferencialmente, debaixo do couro, na tábua do pescoço dos bois e búfalos", alerta o diretor. Além dessa coleta, os fiscais também conferem a declaração de vacinação e a nota fiscal de compra apresentadas pelos produtores. O prazo máximo para a comprovação da vacinação é de cinco dias úteis após o término da etapa, no caso, 5 de junho.


A Iagro publicou instrução de serviço em que orienta produtores da região do Pantanal que em caso de enchente na propriedade, a retirada dos animais deve ser requerida junto ao órgão.

A febre aftosa é uma doença viral, altamente contagiosa e de rápida disseminação, com grandes impactos econômicos e sociais nos locais onde ocorre. A vistoria vai ser feita por funcionários da secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul. Entre as consequências, ele cita o sacrifício de 28 mil animais e mais 7 mil abatidos. Agora o Estado se encaminha para a classificação de Área Livre de Febre Aftosa Sem Vacinação, prevista para acontecer no ano de 2020, de acordo com o novo cronograma estratégico do Programa Nacional de Febre Aftosa (PNEFA).

O veterinário da Defesa Agropecuária, Sérgio Reigota Ferreira, explica que a mudança no calendário foi pedida por pecuaristas para evitar que o manejo da vacinação prejudicasse o manejo da reprodução, principalmente na inseminação por tempo fixo.


Popular

CONNECT