Corumbá já vacinou 31% do primeiro público-alvo da campanha contra gripe

O Ministério da Saúde confirmou também que o "Dia D" será no próximo dia 12 de maio, quando acontecerá uma mobilização nacional.

A vacina contra gripe é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença, internações ou, até mesmo, óbitos. A meta na cidade é vacinar 100% do público alvo, o que corresponde a 7.396 mil pessoas.

A Secretaria de Estado de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, comunica que deverá receber neste sábado (05.05) mais um lote com 120 mil doses de vacina contra a gripe influenza, do Ministério da Saúde. Entre os dias 14 e 18 o público-alvo da campanha serão as pessoas de cinco anos a menos de 60 anos com comorbidades, ou seja, que sofrem de duas ou mais doenças, e ainda as pessoas com doenças crônicas e que devem apresentar a prescrição médica. Na sequencia, do cronograma será a vez dos professores das escolas públicas e privadas, entre os dias 21 e 25. A campanha vai até o dia primeiro do mês de junho, e não deve ser prorrogada. Essa definição também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente os vírus da gripe.


Para a Prevenção do Câncer Bucal, além dos Postos de Saúde no horário de atendimento do dentista, o setor de Saúde Bucal realizará a prevenção em todos os pacientes que passarem pelo setor no período da Campanha, por meio do agendamento de rotina. "Existem alguns mitos sobre a vacina que precisam ser esclarecidos. Na verdade, a vacinação é a melhor forma para evitar a doença e não o contrário", reitera a enfermeira e coordenadora do Centro Municipal de Imunização, Maria Regina de Paula.

A Secretaria Municipal de Saúde tem como estratégia oferecer a vacina em 183 salas da rede pública para todos os integrantes do grupo prioritário, ressaltando que 10 Unidades de Saúde trabalham em sistema de horário ampliado, de segunda à sexta-feira, das 7h às 21h, e aos sábados, das 8h às 12h, sendo que no caso da UBS Dr. José Rayol dos Santos (na avenida Constantino Nery), que está em reforma, a Sala de Vacina está funcionando nas dependências da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam).


Popular

CONNECT