Bombeiros profissionais criticam mudanças a "meio da época" na Proteção Civil

Esta posição foi assumida por António Costa depois de confrontado pelos jornalistas com a demissão do comandante da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), o que levou o Governo a propor a sua substituição pelo coronel Duarte Costa. O objetivo é esclarecer a sua demissão.

A audição de António Paixão foi pedida por PSD e CDS-PP através de requerimentos aprovados no parlamento.

A data da diligência dependerá da disponibilidade do antigo comandante da ANPC, revela a agência Lusa.


O deputado do PS afirmou que a abstenção dos socialistas não objeta a intenção dos restantes grupos parlamentares, mas anteviu que António Paixão, se alegou "motivos pessoais" para a sua saída da estrutura da ANPC, vai limitar-se a repetir a justificação perante os deputados.

"O secretário de Estado da Protecção Civil, José Artur Neves [na foto], designou o coronel tirocinado José Manuel Duarte da Costa para exercer as funções de Comandante Operacional Nacional do Comando Nacional de Operações de Socorro da Autoridade Nacional de Protecção Civil, sob proposta do presidente da Autoridade Nacional de Protecção Civil, Tenente-General Carlos Mourato Nunes", refere o documento. Duarte da Costa já foi nomeado para o lugar.


Popular

CONNECT