Padre Fábio de Melo é acusado de intolerância religiosa

"Sempre manifestei publicamente o meu respeito a todas as religiões". Em outro momento de sua fala, ele dispara o seguinte comentário: "Com todo respeito a quem faz a macumba, pode fazer na porta da minha casa que se tiver fresco a gente come".

Um vídeo postado por fãs do padre Fábio Melo está dando o que falar no Facebook, por mostrar um sermão no mínimo questionável. "Peço perdão aos que se sentiram ofendidos", escreveu o padre.

O padre Fábio de Melo fez um sermão falando sobre macumba em tom de chacota e o vídeo tem repercutido na internet. "Apenas expressei, durante uma celebração cristã, convicções cristãs", diz, no comunicado. Em um vídeo publicado por uma página de fãs, a autoridade cristã aparece desdenhando da "macumba" e afirmando que ela não tem poder diante da autoridade do deus cristão.


O religioso afirmou, na manhã desta quinta-feira (10/5), não ser "proprietário da verdade", se desculpando caso tenha ofendido alguém. Quero o esclarecimento espiritual que me coloque ao lado de todos. "Nosso desejo é esclarecer que tolerância religiosa não significa abrir mão do que cremos ou não cremos, mas conviver harmoniosamente, colaborando na construção de um mundo melhor", disse ainda. O babalaô Ivanir dos Santos, representante de movimentos contra a intolerância religiosa, o notificou extrajudicialmente. "Você tem o poder de expulsar demônios. Se fui infeliz na forma como expressei o meu não crer, perdoem-me".

Fábio segue o discurso. "Aí você treme toda quando vê aquela galinha preta na porta da sua casa", ironiza o religioso.

"Se você achar, se você, de fato acredita, que uma galinha preta na porta da sua casa, com um litro de cachaça e uma farofa de banana tem o poder de trazer 'desdestruição' (sic) na sua casa, na sua vida, você não conhece a força do Cristo ressuscitado".


Popular

CONNECT