Uber apresenta protótipo de táxi voador em Los Angeles

A Embraer X, nova organização da empresa brasileira "dedicada ao desenvolvimento de negócios disruptivos" como ela mesma define, apresentou nesta terça-feira (8) o primeiro conceito de veículo elétrico de decolagem e pouso vertical, conhecido pela sigla em inglês eVTOL, criado em parceria com a Uber.

Este anúncio surge numa altura em está a decorrer a cimeira Uber Elevate, em Los Angeles, nos Estados Unidos, que reúne líderes da área das tecnologias e transportes para discutir o futuro da aviação urbana. "Somos incansáveis em nossa busca pelo crescimento contínuo e por meio da Embraer X iremos gerar inovações disruptivas e acelerar a criação de novos negócios com o potencial de crescimento exponencial".


O conceito do eVTOL apresentado na Uber Elevate Summit 2018 representa uma aeronave com a missão de servir passageiros em um ambiente urbano, com base em segurança, experiência do passageiro, acessibilidade econômica e com baixo impacto para as comunidades, em termos de emissões e ruído. A aeronave, que ainda não foi construída, é concebida para transportar quatro ocupantes e um piloto. O veículo voador elétrico ainda está nos primeiros estágios de desenvolvimento e não está claro quais barreiras tecnológicas, regulatórias e de infraestrutura precisarão ser superadas. A empresa deseja transportar pessoas pelo ar em cinco anos.

Sublinhe-se que não será a Uber a construir o veículo, o que significa que este protótipo pode vir a não ser construído. O mesmo deve servir como modelo para que aqueles que serão os fabricantes da Uber - como a Bell Helicopters, a Embraer, e a Pipistrel - desenvolvam os seus próprios conceitos. Quando pronto, os eVTOL (electrical Vertical Take-off and Landing) da Embraer e de outras empresas que entrarem na parceira com a Uber devem alcançar velocidades máximas de entre 240 e 320 km/h com autonomia de, no mínimo, 96 km de distância em voo.


Popular

CONNECT