Torcedores do Sporting invadem CT e agridem jogadores e comissão técnica

O treino do Sporting desta terça-feira não correu sem sobressaltos. O vestiário do clube foi destruído, e o treinador Jorge Jesus e alguns dos jogadores foram agredidos - entre eles o artilheiro holandês Bas Dost e os argentinos Marcos Acuña e Rodrigo Battaglia.

No portal 'Maisfutebol' é também descrito que os adeptos invadiram as instalações do Sporting por volta as 17h00 e que chegaram ao local de carro, tendo deixado os veículos no exterior da Academia de Alcochete. Os atletas recusam-se a falar com Bruno de Carvalho.

No referido portal pode ainda ler-se que a TVI garantiu que os alegados adeptos do Sporting 'gritaram' de imediato com os profissionais da comunicação social para que não filmassem a 'invasão', e que enquanto a maior parte do grupo dirigiu-se para a ala profissional do centro de estágios de Alcochete, dois adeptos ficaram à parte para se certicar que os jornalistas não filmavam o momento. Circula uma imagem de Bas Dost com a cabeça fortemente danificada e com lágrimas nos olhos. Segundo a mesma fonte, Jesus chegou cerca das 13 horas.


Cerca de 50 adeptos com a cara tapada invadiram a Academia do Sporting, em Alcochete, esta terça-feira. De acordo com a imprensa, os ferimentos foram provocados por um cinto.

Nas imediações da Academia decorre uma operação da GNR no sentido de tentar identificar e deter os invasores, sequestradores e agressores.

Os jogadores do Sporting começaram a ausentar-se da Academia, de carro e em segurança, por volta das 20h30.


Popular

CONNECT