Avião aterra de emergência depois da janela do cockpit estalar

De acordo com ele, que foi entrevistado pelo jornal Chengdu Economic Daily, a aeronave havia atingido a altitude de cruzeiro quando ele ouviu um estrondo. "Quando olhei para o lado, vi que o co-piloto já estava meio fora da janela", afirmou. De repente, o para-brisa quebrou e fez um barulho.

Quando a janela da cabine se rompeu, o copiloto foi quase "sugado". Segundo Liu, seu colega foi "parcialmente sugado pela janela".

"Tudo no cockpit estava flutuando no ar".


O copiloto foi salvo pelo uso do cinto de segurança e o aparelho chinês, que voava para o norte da China regressou ao Aeroporto Internacional de Shuangliu, onde aterrou em segurança. A maioria dos equipamentos não funcionava, e eu não conseguia ouvir o rádio. "O avião estava balançando tão forte que eu não conseguia ler os medidores". Houve despressurização da cabine e o copiloto sofreu arranhões e torceu o pulso. Outro membro da tripulação ficou ferido no procedimento de pouso.

"A tripulação estava a servir-nos o pequeno-almoço quando o avião começou a tremer", disse um passageiro a uma agência noticiosa estatal chinesa. Nenhum dos 119 passageiros se machucou, mas 29 deles foram encaminhados a exame médico.

O avião da companhia aérea Sichuan Airlines, deslocava-se de Chongqing, no centro da China, para a capital do Tibete, Lhasa, no sudoeste, aterrou a meio da viagem, na cidade de Chengdu, ainda em território chinês. "Não sabíamos o que estava a acontecer e entrámos em pânico", disse um dos passageiros: "As máscaras de oxigénio caíram".


Popular

CONNECT