IBC-Br confirma desempenho fraco no primeiro trimestre — Análise

O IBC-Br incorpora informações sobre o nível de atividade na indústria, comércio, serviços e agropecuária, além do volume de impostos. "O que a gente mais ouve entre as empresas é que vai esperar para ver", explicou o economista-chefe do banco ABC Brasil, Luis Otávio Leal, que já aplicou viés de baixa em sua projeção de crescimento de 0,3 por cento do PIB no primeiro trimestre. Investidores do mercado financeiro temem que um candidato que considerem menos comprometido com o ajuste fiscal desponte como favorito.

Dessa forma, o Índice de Atividade Econômica do BC (IBC-Br), indicador projetado para tentar replicar o comportamento do Produto Interno Bruto (PIB), caiu 0,13% em relação ao último trimestre de 2017.

Enquanto a inflação e os juros permanecem baixos, o desemprego ainda elevado contém o consumo e impede melhora econômica mais robusta num ano de eleição presidencial envolta por indefinições.

Esses cenários vêm afetando a confiança de forma generalizada no país, inclusive já neste segundo trimestre, movimento que levou analistas consultados pela Reuters a alertarem para novo possível período de fraqueza da atividade.


Atualmente, os juros básicos estão em 6,5% ao ano e devem cair para 6,25% ao ano nesta quarta-feira, para que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) saia do atual 2,76% para chegar aos 4,25% no ano que vem.

Especialistas consultados pela pesquisa Focus do Banco Central têm baixado a expectativa de crescimento do PIB deste ano, agora previsto para 2,51% enquanto no início do ano estava em 3%.

Com a retração do PIB no trimestre, a taxa de juros deve cair hoje de 6,5% para 6,25%. A 'prévia' da soma de todas as riquezas do País também se mostra um tanto problemática no confronto mensal, uma vez que, o índice de março deste ano registrou retração de 0,74% frente a fevereiro. Quanto à variação do PIB no primeiro trimestre, prevista para ser divulgada em uma semana, as projeções conhecidas até aqui apontam alta de 0,3% a 0,5%.


Popular

CONNECT